Seg. Out 14th, 2019

Som Brutal

A casa de todo Metal

REDLIZZARD

5 min read

Introdução:

Os Redlizzard são uma banda Portuguesa de Rock, formada em Almada em 2008, por músicos com um percurso em bandas locais. Fundados por Patrick Elmer e Elvis Batista, os Redlizzard editaram até ao momento o EP “In Your Face” em 2011 e o álbum “The Red Album” em 2015. Preparam este ano o lançamento do seu terceiro disco “The Black Album” que tem sido gravado desde o Verão 2017.

Sons fortes de guitarra, ritmos marcados e canções “orelhudas” definem a sonoridade, marcadamente Rock, dos REDLIZZARD. O seu estilo musical e as prestações ao vivo levaram a banda a conseguir alguns feitos, como a abertura do concerto dos Bon Jovi no Parque da Bela Vista em 2011, actuando para 56 mil pessoas.

Origens:

A estreia ao vivo dos Redlizzard aconteceu em a 31 de janeiro de 2009, no conhecido Ponto de Encontro (Casa Municipal da Juventude) em Almada, para cerca de 150 pessoas. A banda actuou depois em diversos bares e clubes, maioritariamente na área da Grande Lisboa.

Procurando mostrar a sua música a um público mais vasto e para dar a conhecer mais rapidamente o seu trabalho, os Redlizzard começam também a participar em concursos em diversas localidades do país.

Nestes eventos, a banda destacou-se pelo 2º lugar obtido no Rock Alive’09, realizado no mítico Paradise Garage, pelo 1º lugar alcançado no 4º Concurso Pop-Rock Grândola 2010 e pela vitória no Battle Of The Bands 2010, na Costa da Caparica.

O primeiro EP e a participação no Have a Nice Day:

Os Redlizzard iniciam o ano de 2011 entrando em estúdio para gravar o seu primeiro EP, intitulado “In Your Face” (edição de autor).

Participam também nesse ano no XVI Festival Música Moderna de Corroios 2011, onde conseguem o 2º lugar e são escolhidos para participar nas eliminatórias do Concurso Have a Nice Day, no palco com os Bon Jovi – promovido pelo Hard Rock Cafe, Everything Is New, Rádio Comercial e Management Bon Jovi.

Após uma grande actuação, com a sala do Hard Rock Cafe completamente cheia, o júri escolhe a banda para disputar a final no programa Nightstage da Rádio Comercial, apresentado por Ana Isabel Arroja. Esta oportunidade leva os Redlizzard a lançarem antecipadamente o EP, realizando uma pequena tournée de promoção antes do concerto com os Bon Jovi.

A 31 de Julho de 2011, os Redlizzard entraram em palco e actuam para 56 mil pessoas, partilhando a abertura do concerto dos Bon Jovi com os também portugueses Klepht. Em outubro, a um mês de lançar o EP “In Your Face”, a banda sofre um revés com a saída do baixista, David.

A 17 de Novembro, os Redlizzard iniciam a tournée de promoção de “In Your Face”, já com o novo baixista Mário “Nuggy” Valente, na FNAC de Almada. Esta tournée prolonga-se por 2 anos e meio, passando por salas míticas como o Hard Rock Cafe, o Musicbox e a Aula Magna.

No Final do ano de 2011 os Redlizzard venceram ainda os prémios Upper State Independent Awards (E.U.A.), em duas categorias: Best Pop Rock Band e Best International Band.

Disco:

“The Red Album” Durante o ano de 2013, os Redlizzard começam a pensar no primeiro álbum da banda e contactam o produtor inglês “Slaughter” Joe Foster, que no seu curriculum tinha a produção de bandas como Jesus and Mary Chain, Primal Scream, ou My Bloody Valentine, para além de ter sido um dos criadores da Creation Records com o seu amigo Alan McGee.

O processo de composição, pré-produção e gravação prolonga-se no tempo, devido ao final da tournée de “In Your Face” e à constante alteração de baixistas. A banda inicia as misturas do álbum na segunda metade de 2014 com João Martins Sela, conhecido produtor de bandas como Xutos & Pontapés, Da Weasel, João Pedro Pais ou UHF, entre outras.

O álbum contou ainda com a participação de convidados, como Nuno Espírito Santo, Mário Delgado, Patrícia Silveira, Patrícia Antunes, Marco Cesário e Ricardo Galrito. E a 5 de fevereiro 2015, sai o primeiro avanço de “The Red Album”, o tema “Reason to Live”, já com o regresso da banda à sua formação original.

A banda inicia então a promoção do disco, que é lançado a 7 de abril e durante a primeira metade de 2015, os REDLIZZARD, iniciam a “The Red Tour” pelas Fnacs, mas a 31 de julho de 2015 sofrem um revés com a saída do vocalista original Mauro Carmo, que deu como razão para a saída “motivos pessoais” e algumas diferenças com os restantes membros.

Novo Vocalista, Novo Baixista e Novo Disco “The Black Album”

Após 3 meses de audições os REDLIZZARD escolheram um novo frontman, Gerson Santos, ex-participante do programa Ídolos e do Festival da Canção 2012. E em Janeiro de 2016 lançam o single The Answer, misturado pelo produtor multiplatinado Beau Hill (Winger, WARRANT , RATT , EUROPE, KIX , ALICE COOPER).

Os Redlizzards fizeram uma pequena Tour de apresentação do novo vocalista e na qual tiveram o prazer de tocar com as bandas internacionais Ménage luso canadianos e Tesouro banda de tributo a Héreos del Silencio com Gonzalo Valdivia.

Durante o primeiro semestre de 2017 os Redlizzard fecharam-se no estúdio a escrever e a pré-produzir o novo álbum, chegando a registar alguns desses momentos em estúdio. E momentos antes do inicio das gravações a banda volta a sofrer o revés da saída do baixista David.

O ano de 2019, marca o regresso do grupo aos discos. Com o novo timoneiro, o vocalista Gerson Santos e um novo baixista Eurico Orvalho (Um Zero Azul), os REDLIZZARD preparam o lançamento do primeiro Single “Let It Rock” daquele que será o terceiro trabalho da banda.

Este trabalho teve uma produção conjunta da própria banda, com o produtor João Martins Sela e a co-produção de alguma música de Nuno Espírito Santo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Grupo Facebook

 
Grupo do Som Brutal
Grupo público · 126 membros
Aderir ao grupo
O Grupo Som Brutal é aberto a todos os que gostam de música dentro da temática Rock/ Metal. Existe liberdade de divulgação e comunicação dentro do gru...
 

SOM BRUTAL #10 Junho

Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.