Qui. Jul 18th, 2019

Som Brutal

A casa de todo Metal

Infernal Bizarre em Entrevista / PT

4 min read

Oriundos da Polónia os INFERNAL BIZZARE são uma banda de thrash/death metal. A sua história começa em 2012 na cidade de Łowicz um pouco depois em 2015 lançam o seu primeiro EP intitulado “Proemteusz”.

Agora no fim de 2018 lançaram o seu primeiro longa duração intitulado “Medium”, que apresenta uma clara evolução em toda a linha musical da banda, apresenta um som mais maduro e cuidado.

Olá
Obrigado pelo seu tempo para fazer esta pequena entrevista. Nós ouvimos o seu álbum e estamos animados em fazer algumas perguntas sobre ele e sobre a banda.


SB: Para tornar a banda mais conhecida do público português, vamos começar pela sua origem, como surgiu a ideia de formar a banda?
Quem se lembrara? O nosso membro mais velho tinha 20 anos naquela época, e ele é o único que sobreviveu na banda desde que foi iniciada. Uma história diz que a ideia surgiu depois de uma festa de metal. Outra diz que saiu naturalmente da criatividade e paixão pela música. A verdade é provavelmente em algum lugar no meio está a verdade ..


SB: Vocês são todos da mesma cidade? Como vocês começaram a tocar juntos?
Somos todos da mesma cidade da Polônia e foi assim que começamos a tocar juntos. Alguns de nós conhecem os outros desde os tempos mais jovens e alguns de nós fumaram juntos o primeiro cigarro. Antes de nos encontrarmos no Infernal Bizarre a maioria de nós estava em outras bandas, não apenas metal, mas também rock e jazz. Devido a diferentes transformações, decisões de vida que fizeram as pessoas entrarem e saírem, nossa configuração atual é uma equipe de pessoas entusiastas e trabalhadoras que elevam os níveis de banda.


SB: Voltando às suas origens foi sempre esse tipo de som que você tinha em mente?
Sim, esse era o tom que a banda tinha em mente para o álbum “Medium”. O pessoal do estúdio não teve a vida fácil connosco, e levou algum tempo até encontrarmos as configurações adequadas. Nós gostamos de como o “Medium” soa, esse é o som Infernal Bizarre.


SB: Como foi seu nome inventado? Existe alguma história por trás disso?
F *** ing uma boa história sim .. O nome veio do filme pornô com o mesmo nome havia numa cassete VHS no final dos anos 90. A propósito, gostaríamos muito de assisti-lo, então, se alguns de vocês tiverem nos vossos arquivos, por favor, nos avise !!! De qualquer forma, soou como o nome perfeito para a banda.

DKF LABORATORIUM


SB: Quais bandas influenciaram mais o vosso som thrash / death metal?
Principalmente Death, Pestilence, Entombed, Kreator, mas também muitos outros de diferentes gêneros – estas são as partes “Bizarres”. Conforme declaramos em nossa página do Bandcamp, nosso caminho não foi escrito e constantemente criamos novos sons.


SB: Existe um par de anos entre o lançamento do EP “Proemteusz” em 2012 e agora o álbum “Medium” em 2018. A ruptura foi intencional ou o que estava acontecer durante esses anos?
Isso aconteceu devido à flutuação dos membros e assuntos pessoais. “Medium” é uma coleção de músicas escritas e executadas há algum tempo. Este é o resumo do melhor Infernal Bizarre ao longo destes anos. Nós patrocinamos a gravação e a produção, e mantemos todos os direitos e somos independentes. Leva algum tempo para coletar o dinheiro necessário para gravar, produzir e lançar um novo álbum. Também não colocamos muito na promoção, são principalmente redes sociais, espectáculos e entrevistas como essa. Agora, o novo capítulo está aberto, enquanto nos concentramos em material completamente novo.


SB: Na Polónia e a nível europeu, como é a reação de seus fãs a este trabalho recente? Você já sentiu uma boa aceitação?
Temos boas respostas na Polônia e na Europa até agora, o que com certeza motiva ainda mais o trabalho no novo material e dá a sensação de trabalho bem feito.


SB: Como foi quando você ouviu seu trabalho pronto e pronto para o público?
Muito emocionante, pois é para ver o efeito de um trabalho longo e difícil. E não é apenas sobre a música, mas também a capa, dentro de um livro com fotos e letras incluindo o inglês da tradução. Agora você pode tocá-lo fisicamente, ouvir seu carro ao conduzir na via rápida .. tenha cuidado embora. a velocidade aumenta desde a primeira faixa.


SB: Como banda, o que você espera que esse álbum “Medium” traga para você em 2019?
Entrada para festivais de metal na Polônia e Fest´s no exterior.


SB: Os shows ao vivo de 2019 deste ano podem revelar algumas datas?
Já tocamos em dois espectáculos na Polônia este ano, planeamos mais alguns espectáculos, mas as datas ainda não estão definidas. A única data conhecida é 31 de Agosto, pois organizamos uma festa “Noite Infernal” em Lowicz – nossa cidade. Será a 6ª edição do evento.


SB: Podemos esperar véus em Portugal um dia? Em seu próprio espectáculo ou em um Metal Fest?
Estamos ansiosos para isso 😊


SB: A entrevista foi curta e simples, mas a equipa do Som Brutal quer agradecer a sua disponibilidade. Você quer deixar uma mensagem para nossos leitores?
Certo! Apoie as bandas que você gosta. Vá para um evento e siga a fan page. Isso significa muito e dá energia para a banda. É divertido tocar de qualquer maneira, mas o verdadeiro prazer é fazer um espectáculo e ver a energia e a comunidade das pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Grupo Facebook

 
Grupo do Som Brutal
Grupo público · 126 membros
Aderir ao grupo
O Grupo Som Brutal é aberto a todos os que gostam de música dentro da temática Rock/ Metal. Existe liberdade de divulgação e comunicação dentro do gru...
 
Copyright © All rights reserved. | Newsphere by AF themes.