. . .

Dallian lançam vídeo do tema “The Nun From Azrael”

Os portugueses Dallian lançaram um novo vídeo para “The Nun from Azrael”, tema extraído da mais recente proposta discográfica da banda, “Automata”. O vídeo pode ser visualizado na seguinte


O vídeo foi gravado por João Oliveira e Sofia Agostinho, e editado por Carlos Amado.

Abaixo podem confirmar as próximas datas ao vivo dos Dallian:

15.06 – Nihility Album Release @ Canecas Bar (Portugal/Paços de Ferreira)
08.08 – Vagos Metal Fest (Portugal/Vagos)
21.09 – Rock dos Romanos (Portugal/Condeixa)
12.10 – TBA (Portugal)
26.10 – Ctx Metal Fest (Portugal/Cartaxo)

Links:

https://www.facebook.com/DallianBandOfficial/

https://www.instagram.com/dallianofficial/

http://dallian.com/

Info: Against PR

A história do Video:

Videoclip de “Nun from Azrael” do álbum de estréia de Dallian “Automata”.

O vídeo segue “A freira”, o último membro vivo da Ordem de Azrael. Depois de sua destruição ordenada pelo Vaticano, ela começa a planejar a ascensão do culto.
Ela recruta as crianças que vivem na vila de Otterbourne, Inglaterra, em 1880, como membros, usando seus medos e desejos a seu favor, fazendo com que se submetam à sua loucura.
O vídeo mostra que eles realizaram uma ressurreição no convento que havia sido queimada pelos moradores locais. Aqui eles tentam ressuscitar o falecido Abess da ordem, usando uma das crianças como tributo.

 Dallian usa isso como um ensaio sobre lavagem cerebral e mentalidade de culto em uma época em que a ascensão do espiritismo e paranormal era galopante. Cada um dos personagens retrata expressões distintas através do videoclipe, coincidindo com seus verdadeiros sentimentos internos sobre o ritual.

É neste clima austero que Henry é coagido de volta ao culto depois de sair e forçado pelos outros a matar Jane, sua amiga, para completar o ritual.

Devido à sua complexidade, o vídeo conceitual “A freira de azrael” também será explorado por Dallian em outras mídias no futuro, fazendo com que certos fatores-chave agora escondidos no vídeo brilhem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *