Grupo Facebook

 
Grupo do Som Brutal
Grupo público · 126 membros
Aderir ao grupo
O Grupo Som Brutal é aberto a todos os que gostam de música dentro da temática Rock/ Metal. Existe liberdade de divulgação e comunicação dentro do gru...
 

SOM BRUTAL #10 Junho

Setembro 26, 2020

A casa de todo Metal

COMMANDO – “Love Songs #1… (Total Destruction, Mass Executions)”

Os COMMANDO são um projecto português formado em 2017 por Rui Vieira (Machinergy, Baktheria e Miss Cadaver) e José Alexandre Graça (Extrema Mutilação Auditiva e M.A.D.). Fortemente influenciados pelo espírito crossover/punk/thrash/hardcore, que os ‘contaminou’ em inícios dos anos 90, resolveram, num acaso do destino, e um quarto de século depois (há cerca de 25 anos que não se contactavam), fundar um projecto e gravar um álbum.

Fechados durante três meses no estúdio J.A.P. (Moscavide) a compor e ensaiar 16 temas, seguiu-se a gravação com Paulo “Paulão” Vieira aos comandos no estúdio Brugo (Calçada de Carriche/Lisboa).

O resultado é uma mistura dos referidos estilos (e mais qualquer coisa) numa mescla a que os próprios decidiram baptizar de… CROSSUNDER!!! O álbum intitula-se “Love Songs #1… (Total Destruction, Mass Executions)” e reflecte o espírito, por um lado, sério e empenhado em obter um bom resultado final (a todos os níveis) e, por outro, uma faceta descontraída e desconstrutiva em relação a essas mesmas influências, numa espécie de tributo e, simultaneamente, respeito por quem os influenciou, musicalmente e não só, ao longo da vida.

Para o artwork, contaram com os préstimos do ilustrador brasileiro, Francisco Marcatti, conhecido pela sua personagem “Frauzio” na banda-desenhada brasileira mas, sobretudo e na comunidade de peso, pelas míticas capas de Ratos de Porão, “Brasil” e ”Anarkophobia”. A capa de “Love Songs #1…”, reflecte a revolta e o desespero, transformado em ódio, até do mais pacifista, perante a corrupção e abusos em todos os sectores da nossa sociedade.

Tem cor, de forma a reflectir a música variada e viva de COMMANDO, e é agressiva, também para combinar com a sua música intensa e extrema. A edição física, em CD e edição limitada em vinil, estará a cargo da editora portuguesa, Firecum Records, e o seu lançamento está planeado para final de Março de 2020.

“Love Songs #1… (Total Destruction, Mass Executions)” Rui Vieira – Voz, Guitarra e Baixo José Alexandre Graça – Bateria e Voz Paulo Vieira – Produção, Mistura e Masterização Gravado no Brugo Studio (Calçada de Carriche/Lisboa) Artwork: Marcatti Fotos: Andreia Vidal

Tempo Total: ±29 minutos COMMANDO “Love Songs #1… (Total Destruction, Mass Executions)” Firecum Records

Alinhamento: 1. Metal Is The Lei [03:44]

2. Moshpitas [00:46]

3. Ancharge [01:59]

4. Não Queremos Um Split Com Agathocles [00:06]

5. Fart In The Night [01:37]

6. Buh! You’re Dead! [00:56]

7. Ichi Ni San [02:18]

8. Skin [02:44]

9. É Isso, Não Mexas Mais [01:18]

10. Suine Repelent [00:23]

11. Daisy [02:18]

12. Crosta (Fodida) [01:32]

13. Black Thrash Dos 80’s [01:09]

14. Bossavelha (Suruba Em Ipanema) [02:17]

15. Therapy! [02:50]

16. Isto Não É Nada SLAYER [03:23]